quarta-feira, 2 de março de 2011

Sanguessuga













Deixe me alimentar
nas tuas veias de ideias
Quero teu cérebro
macio, molhado e quente
trovejando neurônios
no céu da minha boca
iluminando meus dentes

Lascivo, salivo faminto
querendo sugar com sal
todo o teu tutano intelectual
A mente, mente, mente!
----- risos insanos -----
Pra mim mesmo eu minto
Sou tua sombra fractal
Mas a inveja consente

2 comentários:

  1. Olá!
    Muito legal o blog, estou seguindo, ok?

    ResponderExcluir
  2. Olá, seja bem-vindo sempre ;) Obrigado!

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e volte sempre!