terça-feira, 22 de agosto de 2017

Deposto à revelia

Solidão é prisão
de grades abertas
de certezas incertas
do chão virar vazio
do cão latir vadio
na escuridão, o frio
de feridas abertas

sábado, 12 de agosto de 2017

Inter-pele-me

Descubra-me
Veja minha alma
nua em chama
Lua lambida de Sol

Interpele esta pele que reclama
Deite e cale quem lhe ama
Fogo é ficar só

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Vencer alguém

Vencer
Por que é preciso?
Se já soul
O meu tudo é viver

Simplesmente repouso
em meus braços
e voo