quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Num beijo sem fim











Apaga o meu fogo
Num beijo sem fim
Morrerei de amor
Em teus braços
Sem ar, sem mim

Sem nada a dizer...

No espaço do rogo
Ouvirás um clarim
Partirei sem dor
Os últimos passos
Pois amar é assim

O que posso fazer?

3 comentários:

  1. Estou passando para uma visitinha breve... Gostei daqui. Volto, viu?

    ResponderExcluir
  2. Dizendo aqui...sou fã desde sempre...!!Beijo , sem fim? hahaha!! Parabéns, Dani!

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e volte sempre!