quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Infinito










Infinito é o beijo
mais bonito que vejo
de olhos fechados
Reflexo do amor tácito
Nexo dos sonhos
Hálito de sexo
e plexo cálido
fálico e fenda
e vida e grito
mágico e música
Súplica in vitro

2 comentários:

Obrigado pela visita e volte sempre!